Gastronomia Lazer & Dicas Viagem

Viagem pelo vinho garante sabores, paisagens e muita história

Conheça os lugares no mundo onde pode aproveitar o melhor da bebida

No chamado turismo de experiência vale conhecer o modo como as coisas são feitas e como seus produtores trabalham e vivem. Um dos produtos que leva (ou levava) milhares ou até milhões de pessoas a correrem o mundo para conhecer suas muitas histórias, é o vinho.

A bebida dos deuses, nascida na Europa, é produzida em, praticamente, todos os continentes e faz surgir as mais belas paisagens e edificações monumentais há séculos, inclusive no Brasil.

Separamos algumas sugestões para depois da pandemia. Enquanto isso, deguste os sabores de Baco em casa, mesmo! Tin-tin!

EUROPA

Lucerna (Suíça)

Werner Sidler 

No coração da Europa, está Lucerna. Uma pequena cidadezinha da Suíça Central, com cerca de 82 mil habitantes, é conhecida pelas suas belezas naturais. Lucerna é cercada por lagos e montanhas que dão um charme a mais à região.

A cidade, localizada na parte alemã da Suíça não é tão tradicional quanto a região de Lavaux, próximo ao Lago de Genebra, na fronteira franco-suíça, mas guarda gratas surpresas quando o assunto é vinho.

A Weinbau Ottiger, comandada pelo enólogo Toni Ottiger, se tornou a maior vinícola da Suíça Central e, além de vinhos de altíssima qualidade, oferece um tour com direito a passeio de barco e degustação de vinhos.

Além disso, a cidade recebe em setembro a Luzerner Weinmesse (Feira do Vinho de Lucerna) com produtores locais e internacionais, além de muitas degustações.

Évora (Portugal)

Imagem de falco 

O Alentejo, famoso pelos seus pães, azeites e ervas aromáticas, também é um excelente destino para degustar vinhos. A bucólica região abriga o Convento do Espinheiro, um hotel cinco estrelas que, além de todas as comodidades de uma boa hospedagem, também oferece visitas guiadas pelas vinícolas do Alentejo com direito a muitas degustações de vinhos locais (conhecidos pela estrutura firme com densos aromas a frutos maduros e com grande persistência), e ainda workshops de pão e azeites.

Leia também: 11 parques nacionais de tirar o fôlego

Entre as vinícolas visitadas está a Ervideira, onde é possível não apenas visitar a adega mais ainda acompanhar todo o processo produtivo, desde a chegada da uva até ao engarrafamento do vinho e sua expedição. Outro tour imperdível é até a Fábrica de Cortiça da Azaruja, que funciona desde o século XIX.

Mainz (Alemanha)

Imagem de lapping 

Conhecida como a rainha do vinho na Alemanha, Mainz tem uma importante cultura vinícola. A região do Rheinhessen é a maior zona vinícola do país e a cada ano a nova geração de vinicultores prova que é capaz de alcançar resultados extraordinários.

Além de adegas e bares aconchegantes para degustar os produtos locais, as visitas aos produtores de vinho, como o Kupferberg são imperdíveis. A Kupferberg, em especial é uma produtora de vinho espumante que funciona desde o século 19. Como está localizado em uma das regiões mais altas da cidade, a vista de lá é um atrativo a parte. Por lá é possível fazer visitas guiadas pelas caves e, é claro, degustar.

A região de Mainz conta ainda com o Weinmarkt (ou Feira do Vinho), uma das maiores festas da cidade que acontece entre os meses de Agosto e Setembro e com comidas típicas e muito vinho local.

ÁFRICA

Stellenbosch – África do Sul

Imagem de Marlene Badenhorst 

Como há mais de 150 salas de degustação pelo caminho, você definitivamente não ficará entediado na Rota do Vinho Stellenbosch. Altamente recomendado pelos viajantes da Booking.com pelas vinícolas, vinhos, gastronomia e paisagens, este belo destino recebe festivais de vinhos e eventos.

AMÉRICA DO NORTE

Napa Valley – EUA

Imagem de aga2rk

Espalhadas pelas colinas verdes, as vinícolas de Napa se orgulham de produzir uvas de primeira qualidade. Passeie pelas inúmeras vinícolas e conheça as pessoas por trás dos vinhos, enquanto aproveita férias relaxantes, mesmo durante o inverno, quando poderá saborear cada gota do seu vinho favorito longe das multidões.

AMÉRICA DO SUL

CHILE

Casa Silva


Vinícola do país mais premiada nos últimos anos, somente em 2017 conquistou 111 títulos. Foi uma das que mais contribuíram para o desenvolvimento dos vinhos do país. O tour pela vinícola conta a história, mostra as modernas instalações e permite degustar excelentes rótulos. Apenas nesta propriedade são mais de 150 hectares de vinhedos, somados a 850 em quatro outras regiões. Você terá ainda a oportunidade de conhecer um pouco de outras duas paixões da família: cavalos e carros antigos. Uma combinação sensacional.

Para complementar o complexo, possui um charmoso hotel com oito suítes, instalado na residência centenária da família, em estilo colonial. O restaurante, instalado ao lado do Clube de Polo, Rodeio e Equitação, tem uma vista espetacular para o campo onde ocorrem vários torneios.

Informações: https://casasilva.cl/inicio

ARGENTINA

Catena Zapata

Localizada na cidade de Agrelo, a Bodega Catena Zapata impressiona à primeira vista. Em forma de pirâmide maia, seu prédio destaca-se em meio aos vinhedos.

A Catena é a mais famosa e concorrida na rota do vinho de Mendoza. Adega familiar que mais contribuiu para o desenvolvimento do vinho argentino, tem em sua linha alguns dos melhores vinhos do mundo.

Informações: http://www.catenawines.com/index.php

OCEANIA

Pokolbin – Austrália

Cercada por inúmeras vinícolas do Hunter Valley, a área rural de Pokobin está localizada nas regiões mais antigas de produção de vinho da Austrália e abriga uma grande variedade de acomodações e restaurantes que servem vinhos locais e culinária gourmet sazonal.

BRASIL

Bento Gonçalves

Conhecida como a capital brasileira do vinho, a cidade construída pelos imigrantes italianos, que iniciaram o cultivo da uva fica a 120 km de Porto Alegre, possui um centro histórico que vale a pena conhecer.

Informações: http://www.bentogoncalves.rs.gov.br/turismo/pontos-de-visitacao

São Roque

O principal ponto turístico da cidade é a Estrada do Vinho, onde há diversas vinícolas para visitação. Além disso, a gastronomia local é conhecida pela deliciosa culinária italiana. O roteiro do vinho é formado pela Estrada do Vinho, Estrada dos Venâncios e Rodovia Quintino de Lima. São mais de 10 quilômetros com cerca de 30 estabelecimentos.

Informações: https://www.roteirodovinho.com.br/

Minas Gerais:

Casa São Geraldo (Andradas)

Desde 1969, a Casa Geraldo é filha de Andradas, cidade incrustada aos pés da Serra da Mantiqueira, no sul de Minas Gerais. Uma região de altitudes elevadas e temperaturas amenas com clima agradável o ano todo. Esta localização privilegiada é excelente para o cultivo de culturas como a da uva, que aqui encontra solo fértil e clima propício para seu desenvolvimento. Em Minas, Andradas é a “Terra do Vinho”, uma região já tradicionalmente dedicada a esta cultura. Todos os anos a cidade celebra a Festa do Vinho, evento que atrai milhares de turistas ávidos por degustar seus vinhos e valorizar a cultura local. Em Andradas, a Casa Geraldo é a pioneira na produção de uvas da espécie vitis vinifera, sendo a maior produtora de uvas da região e uma das maiores vinícolas do estado. Este amor ao vinho nos tornou referência na região no âmbito turístico, promovendo visitas guiadas aos parreirais e instalações da vinícolas, com a chegada no Restaurante Enogastronômico, conhecido pelo bom atendimento e deliciosas preparações.

Informações: http://www.casageraldo.com.br/site/

Receba novidades no email!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: