Viagem

Relaxe e aproveite! A maior estância hidrotermal do mundo fica no Brasil

Apontada injustamente por alguns como uma cidade que só tem atrativos para idosos, Caldas Novas, no Sul de Goiás, reserva surpresas para todos os perfis de turistas. Visitada por milhões de pessoas ao longo do ano, é conhecida por ser a maior estância hidrotermal do mundo, com águas que brotam do chão em temperaturas que variam de 34ºC a 57ºC.

São inúmeros os benefícios das águas termais para a saúde, tanto para quem a utiliza por meio da aplicação tópica ou externa na pele (imersão em piscinas, banheiras, ofurôs, vapores e saunas); ingerindo em bebidas, nos quais os elementos da água são absorvidos pelo organismo, ou pela inalação, onde os elementos químicos são absorvidos pela mucosa nasal e pelo aparelho respiratório.

Além do relaxamento muscular proporcionado pela imersão do corpo, as águas termais também promovem a descompressão articular, o aumento da circulação sanguínea e a normalização momentânea da pressão arterial, bem como propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.

É certo que os grupos familiares são a maioria, mas pelas largas avenidas da cidade, de ônibus, carro ou avião, chegam jovens casais, turmas de amigos e grupos de estrangeiros que riem e se divertem nos intervalos em que deixam as piscinas de água morna que são a marca do balneário.

A noite de Caldas Novas é animada principalmente pela música sertaneja, mas é possível – se ainda tiver fôlego depois dos lautos jantares nos hotéis – encontrar bares, boates e restaurantes de diferentes estilos. Ao longo do dia vale a visita ao Jardim Japonês, à Igreja de Nossa Senhora das Dores, que remonta ao século XIX, ao Museu Municipal – uma pequena joia que nos ajuda a entender a busca pelo ouro e a constituição do povo de Goiás e do Centro-Oeste – e as incríveis delicias do cerrado. Eu, particularmente, não gosto da maior estrela da região, o pequi. Mas o resto… pode mandar descer! Sanduíche de sorvete de rapadura é uma invenção que só vi lá. Ah! Tem cachaça da boa também!

Os hotéis têm seus próprios parques aquáticos. Fiquei no Prive Riviera Park Hotel, considerado o maior hotel de águas termais do Brasil. Lá os hóspedes podem usufruir de 15 piscinas (quentes e frias) distribuídas em uma área total de quase 60 mil metros quadrados. A unidade faz parte do grupo Prive Hotéis & Parques.

Uma das atividades mais bacanas é passear pelo lago Corumbá. A represa que garante energia elétrica para boa parte da região é um lago artificial em que é possível fazer passeios de escuna, chalana e lanchas. Escolhi a chalana para ir com muita calma, sentindo a brisa e observando as escarpas e as construções. Valeu o dia no Privé Marina Flat e Náutica. Quem não está hospedado pode curtir um day use. Diversas operadoras fazem pacotes para Caldas Novas e é possível já sair de casa com todos os ingressos e passaportes comprados.

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: