Livros

4 livros para ler na quarentena

Texto: Thaíne Belissa

Estamos em tempos difíceis muitas mudanças e notícias ruins. Para ajudar aplacar pelo menos um pouquinho a angustia fizemos uma seleção de 4 livros que têm tudo haver com esse período.

Tatu-Balão

Autora: Sônia Barros – Ilustradora: Simone Matias – Editora: Aletria

Esse livro escrito em versos rimados é um encanto! Ele fala sobre um tatu-bola que tinha um sonho de ser balão. Cismado com isso, ele tentou, tentou, tentou muito. Mas nunca conseguiu voar como um balão! A história do tatu muda quando ele encontra um amigo e o sua vida muda tanto, que o seu sonho se transforma também. Ele voa, sim, mas de um jeito muito diferente e que você devia descobrir lendo o livro!

Essa história tem tudo a ver com o que vivemos na quarentena porque muitos de nós tivemos planos e sonhos frustrados. Mas, quem disse que o sonho não pode mudar? O tatu-bola nos ensina que podem existir formas muito mais lindas de voar!

Onde encontrar: https://www.aletria.com.br/Tatu-balao

Trem Bala

Autora: Ana Vilela – Ilustrações: Anna Cunha – Editora: Voo

Se você conhece a música “Trem Bala” que circulou por Whatsapp em 2016 e apresentou ao Brasil a cantora Ana Vilela, então você já conhece a história desse livro. Nessa obra a música vira narrativa e ganha ilustrações lindíssimas de Anna Cunha. E é claro que dá vontade de ler e cantar ao mesmo tempo!

Nesses versos Ana Vilela fala sobre o valor das coisas da vida, algo que ficou ainda mais evidente nessa quarentena. Repensamos o consumo, a relação com a família, o tempo que gastamos dentro de casa. E percebemos que a vida pode ser, mesmo, um trem bala!

Onde encontrar: Amazon

Quando Mamãe Virou um Monstro

Autora: Joanna Harrison – Tradutora: Gilda de Aquino – Editora: Brinque-Book

Esse é um divertido livro que fala com delicadeza sobre os desafios da maternidade. A história nos apresenta duas crianças tão bagunceiras e impossíveis que fazem sua mãe se transformar num monstro. Sim! A mamãe da história ganha antenas com olhos, tromba de elefante e pés gigantes e peludos! 

Agora imagine quantas mamães não se sentiram um monstro nessa quarentena? Com as crianças em casa, trabalho acumulado e cobranças de todos os lados, estranho seria se as mamães passassem ilesas por esse período. No livro, a mãe-monstro percebe que há muito mais humanidade do que monstruosidade refletida no espelho e que ela pode ser gentil consigo mesma…quem sabe não é uma boa inspiração pros dias de hoje?

Onde encontrar: Amazon, Saraiva

Vizinho, Vizinha

Autores: Graça Lima, Mariana Massarani e Roger mello – Editora: Companhia das Letrinhas

Essa é uma obra cheia de surpresas na narrativa e nas ilustrações! A história é sobre vizinhos de porta que nunca falaram mais que “bom dia”, mas que têm mundos fantásticos por trás de suas portas fechadas. Quando eles recebem visitas de crianças em suas casas esses mundos se juntam por alguns instantes, mas logo as portas estão fechadas de novo e, lá de dentro, eles ficam imaginando como seria se um dia atravessassem o corredor.

Quando poderíamos imaginar que as pessoas mais próximas a nós seriam os vizinhos? Fora da quarentena passamos tanto tempo longe de casa que mal conhecíamos as pessoas que moram lado. Para muita gente a pandemia foi a oportunidade para mudar isso: vimos um grande movimento de gentilezas. Jovens se oferecendo para fazer compras para os idosos, músicos fazendo shows de suas sacadas e rede de apoio e denúncia contra violência doméstica. Ainda não dá para atravessar o corredor livremente e entrar na porta do vizinho, mas ser gentil com quem mora lado já é um ótimo começo!

Onde encontrar: Companhia das Letras

Ouça o podcast CONTO-RECONTO

Inveja: o desvio da admiração Conto-reconto

Alguém aí tem inveja? Não, né? Esse sentimento feio que ninguém admite é o tema desse episódio, que conta com a leitura de um conto indiano e um soneto de Machado de Assis. Também conversamos com a psicanalista Maria Inês Espírito Santo que nos responde se existe algum antídoto pra esse sentimento universal!Livro: As 14 Pérolas da Índia /reconto de Ilan Brenman / ilustrações de Ionit Zilberman / Editora Escarlate
  1. Inveja: o desvio da admiração
  2. O que você vê no espelho?
  3. Uma saudade chamada sonho
  4. Atrás da janela
  5. O banal e suas memórias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: